18.5 C
Catanduva
domingo, abril 21, 2024
spot_img
InícioRegiãoSão José do Rio PretoAedes aegypti: índice de Infestação Predial cresce e chega a 4,9%

Aedes aegypti: índice de Infestação Predial cresce e chega a 4,9%

O Índice de Infestação Predial (I.P) de Rio Preto aumentou 3,2 pontos percentuais em relação ao último levantamento – em dezembro de 2022 – e está em 4,9%, o que coloca o município em estado de risco para a dengue. O levantamento do I.P foi realizado pelos agentes de saúde na segunda quinzena de janeiro e mostra a relação entre o número de criadouros com presença de larvas do mosquito Aedes aegypti e o número de imóveis pesquisados.

O índice mostra que dos dez mil imóveis vistoriados, 490 estavam com larvas do mosquito transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela. No levantamento do I.P de dezembro, o índice havia ficado em 1,7%. O ideal, de acordo com o Ministério da Saúde, é que o índice fique abaixo de 1%. As 28 áreas de abrangência do município foram vistoriadas, sendo que o menor índice ficou no Anchieta com 0,75%, enquanto o maior ficou no Parque da Cidadania, com 13,22%.

A maior parte das larvas encontradas (51%) estava em vasos, pratos de plantas de plantas e bebedouros de animais. Também foi encontrada grande quantidade de larvas em baldes e regadores, latas de bebidas, frascos e plásticos utilizáveis.

Casos

Rio Preto registrou 1.008 notificações por casos suspeitos de dengue em fevereiro, dos quais 129 foram confirmados e 106 descartados. Outros 773 ainda estão sendo investigados. Em 2023, o município contabiliza 2.398 notificações por dengue, das quais 862 foram confirmadas, 713 descartadas e 823 seguem em investigação.

De acordo com Andreia Negri, gerente da Vigilância Epidemiológica, os dados estão dentro do esperado para o período de sazonalidade, ou seja, no período típico da doença no ano.

“No entanto, ainda há risco de termos uma epidemia, não nas proporções de quando temos a entrada de novo vírus, como foi em 2019, mas há o risco, desta forma, torna-se imprescindível que toda a população colabore com a eliminação ou tratamento dos possíveis criadouros do mosquito”, reforça.

Campanha

A campanha Rio Preto Unida Contra o Aedes aegypti continua neste sábado, 4/3. Os agentes estarão nas ruas – devidamente identificados – entre 8h e 14h para visitar os imóveis e orientar a população quanto aos cuidados permanentes para manutenção dos ambientes livres dos criadouros.

Nesta etapa, serão percorridas as áreas do Parque Cidadania, Engenheiro Schimitt, São Deocleciano, São Francisco e Renascer.

Mariana Lachi
Mariana Lachi
Mariana Lachi - Jornalista com formação em Comunicação Social e Pedagoga. Experiência em um pouquinho de tudo: TV, rádio, revista, assessoria de imprensa e jornal impresso. Atua há mais de 20 anos com mídia.
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

POSTS POPULARES