21.1 C
Catanduva
domingo, abril 14, 2024
spot_img
InícioCulturaCia Antropofágica apresenta espetáculo EMERGÊNCYA e realiza oficina teatral na Sede Cênica,...

Cia Antropofágica apresenta espetáculo EMERGÊNCYA e realiza oficina teatral na Sede Cênica, em Rio Preto

A Companhia Antropofágica, de São Paulo, apresenta o espetáculo teatral EMERGÊNCYA neste sábado, dia 26 de novembro, às 20h, e domingo, 27, às 18h, em São José do Rio Preto. As sessões acontecem em parceria com a companhia Cênica, que recebe as sessões em sua sede, no Jardim dos Seixas, e uma oficina que o grupo paulistano ministra também no domingo. Todas as atividades são gratuitas.
Completando 20 anos de trabalho em 2022, a Antropofágica escolheu circular com EMERGÊNCYA por considerar um espetáculo que dialoga com o tempo presente, uma obra que trás à cena questões contemporâneas e urgentes. E que ao mesmo tempo é um trabalho de pesquisa estética que propõe fronteira com a performance e a experimentação de poéticas e linguagens. Um teatro poético no qual a dramaturgia das imagens se funde a uma teatralidade que vem sendo desenvolvida nas duas últimas décadas.
A peça trata do colapso das relações de natureza e subjetividade, abrindo um terreno de confluências e reflexões com o público ao aludir ao momento caótico em que o mundo se encontra, caminhando para limites da finitude. A obra trata de como essas crises afetam o cotidiano das pessoas e procura responder cenicamente às formas da urgência na trama vital. Trazendo a cena o teatro, conjuntamente com projeções, vídeo criações e música ao vivo, o elenco apresenta jogos imagéticos e performáticos que dialogam e provocam criticamente espectadores.
EMERGÊNCYA estreou nos palcos paulistanos em dezembro de 2018 e em 2019 realizou duas temporadas. Participou do FESTA 61 – Festival Santista de Teatro e da Mostra Engenho Mostra Um Pouco do Que Gosta X.


A Antropofágica propõe, por meio do projeto, compartilhar seu mais recente espetáculo de palco em cidades do interior e litoral do estado, territórios muitos dos quais as obras da companhia são inéditas, para além de realizar uma nova temporada comemorativa em seu território sede.
O projeto CIRCULAÇÃO EMERGÊNCYA foi contemplado pelo Edital ProAC Circulação do Governo do Estado de São Paulo.

Oficina
A Sede Cênica também vai receber uma ação formativa desenvolvida pela Cia Antropofágica no domingo, dia 27, das 14h às 17h, também gratuita. Trata-se da Oficina dos Afetos, destinada a estudantes de artes cênicas, coletivos teatrais e profissionais das artes, além de pessoas interessadas em geral. A oficina prevê um trabalho baseado no livro “Sociedade do Cansaço”, de Byung-Chul Han, um dos estudos basilares para criação da peça EMERGÊNCYA.
A partir de trechos do livro e do conceito de sociedade do cansaço, a oficina propõe um trabalho com objetos ligados ao descanso como colchões, lençóis, travesseiros e cadeiras. Não é necessário inscrição prévia.

Sobre a Antropofágica
A Antropofágica é um grupo de teatro de São Paulo fundado em 2002. Tem sua trajetória calcada no espírito do Manifesto Antropofágico. Seus mais de 20 espetáculos configuram um jogo permanente entre a História da Arte e a História da Humanidade, na busca por uma teatralidade brasileira contemporânea, interessada em explorar as possibilidades criativas contidas na tensão entre as esferas do teatro político, da indústria cultural e das vanguardas estéticas.

Mais sobre o espetáculo
EMERGÊNCYA é uma peça mais sobre afetos do que sobre fatos. A Antropofágica realiza um espetáculo sobre as múltiplas formas que as pessoas são afetadas pelos fatos sugeridos nas cenas, em uma dialética espacial onde os fatos são apresentados em platôs cênicos. A relação com a educação, a arte, a guerra, a disputa política, as mídias, e como a comunicação e as impossibilidades comunicativas atuam sobre o cotidiano nos espaços públicos e privados.
O desastre ambiental presente no planeta traz consequências perversas para a subjetividade, causando efeitos imprevisíveis. O quanto a ideia de colapso e de extinção afeta o comportamento e os distúrbios emocionais. EMERGÊNCYA é uma peça que trata de como somos afetados pelas catástrofes e como podemos nos relacionar com estes efeitos caminhando para o colapso das relações de natureza e subjetividade, com desdobramentos de ordem política, ambiental, econômica, tecnológica e subjetiva.
O período Moderno parece oscilar entre promessas de reinvenção e uma perspectiva de catástrofe, entre utopia e distopia. A fim de dar forma teatral a essa sensação de colapso iminente, a peça traz formas artísticas surgidas na Modernidade como o Romantismo, a Indústria Cultural ou as Vanguardas do século XX. O resultado é uma linguagem fortemente imagética carregada de temáticas do contemporâneo: a crise ambiental, as redes sociais, as patologias da subjetividade, a guerra.
O coro numeroso e a cena ritmada de EMERGÊNCYA estabelecem uma trincheira poética, evocando a invenção constante e a imprevisibilidade da ação histórica da humanidade como características intrínsecas à Modernidade. Através de expedientes da abstração e da performance, da trilha musical executada ao vivo e de projeção em tempo real, o espaço teatral de EMERGÊNCYA pulsa permanentemente, sugerindo fendas de interpretação em meio à urgência da realidade cotidiana, histórica, individual e coletiva.

SINOPSE
A Antropofágica apresenta “E.M.E.R.G.Ê.N.C.I.A: Espasmos Mnemônicos Extra Reacionários Geradores de Experiências sobre Natureza e Cultura de Ilações Anti-capitalistas”. Uma máquina teatral que estabelece um jogo permanente entre a História da Arte a História da Humanidade, buscando responder à urgência da realidade cotidiana, histórica, individual e coletiva, sob a égide de uma modernidade tóxica.

FICHA TÉCNICA
Direção e Dramaturgia: Thiago Reis Vasconcelos
Elenco: Alessandra Queiroz | Alexei Boris | Bruno Mota | Danilo Santos | Deborah Hathner | Fabi Ribeiro | Flávia Ulhôa | Giovanna Perasso | Martha Guijarro | Mauro Britto | Rafael Frederico | Rafael Graciola | Renata Adrianna | Suelen Moreira
Direção Musical: Lucas Vasconcelos
Músicos: Bruno Miotto | Bruno Mota | Lucas Vasconcelos
Cenografia: Clayton Lima | Maria Tereza Urias | Thiago reis Vasconcelos
Figurino: Flávia Ulhôa | Ruth Melchior | Thiago Reis Vasconcelos
Iluminação: Renata Adrianna
Produção: Maria Tereza Urias
Criação Audiovisual: Alan Siqueira | Alexei Boris| Danilo Santos | Gabriela Jeniffer
Operação de Luz: Gustavo A Amat
Operação de Som e Vídeo: Gabriela Jeniffer
Cenotécnico: Márcio Rodrigues
Contra-regra: Giovanna Perasso
Arte do Cartaz: Rafael Frederico | Thiago Vasconcelos
Registro Audiovisual e Fotográfico: Alan Siqueira | Débora Xavier
Assessoria de Imprensa: Mauro Britto

SERVIÇO:
Espetáculo: EMERGÊNCYA
Quando: Sábado, 26/11, 20h, e domingo, 27/11, 18h
80 minutos. Grátis. 18 anos.

Oficina: Oficina dos Afetos
Quando: domingo, 27 de novembro, 14h às 17h
Grátis. Sem necessidade de inscrição.

Onde: Sede Cênica – Avenida das Hortênsias, 263, Jardim dos Seixas, São José do Rio Preto
Parceria: Cênica

Fonte: Assessoria de Imprensa/Graziela Delalibera

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

POSTS POPULARES