31.3 C
Catanduva
domingo, junho 23, 2024
spot_img
InícioCulturaCia O que Será de Nós?! realiza conversa online sobre palhaçaria feminina

Cia O que Será de Nós?! realiza conversa online sobre palhaçaria feminina

A Companhia O que Será de Nós?!, de São José do Rio Preto/SP, realiza nesta quinta, dia 2 de junho, 19 horas, o bate-papo online “Palhaçaria Feminina”, com participação da atriz, palhaça, pesquisadora e diretora Naomi Silman (Lume Teatro, de Campinas/SP) e da artista, pesquisadora e educadora Marilia Ennes, cofundadora da Cia ParaladosanjoS, de Campinas. A atividade é gratuita e será no canal do YouTube da Companhia Apocalíptica, apoiadora da iniciativa.

Sob mediação de Adriane Gomes, diretora teatral, professora e pesquisadora (Universidade Estadual de Londrina – UEL), a atividade integra o projeto “Dona Miúda para Menores”, que irá resultar na criação e produção do espetáculo de rua circense de mesmo nome, protagonizado pela atriz e palhaça Fernanda Missiaggia e que se baseia na palhaçaria feminina com a proposta de fomentar a conscientização das crianças em relação à equidade de gênero.

Com estreia prevista em novembro de 2022, a montagem conta com direção de Gomes e orientação artística de Silman e Ennes. Em junho, acontece em Campinas a orientação de Missiaggia com a dupla para a construção da montagem. A conversa online traz o olhar e as experiências dessas artistas.

O espetáculo “Dona Miúda para Menores” é um desdobramento da peça “Dona Miúda para Maiores” (2019), encenação também assinada por Gomes, em que a palhaça aborda assuntos que perpassam o ser mulher ainda tratados como tabu, como menstruação, aborto e masturbação. Agora, a proposta é questionar, apresentar e subverter pressupostos que as crianças ainda se deparam acerca do feminino e mostrar que meninas podem fazer, conhecer e ser o que quiserem. A dramaturgia será criada junto com a encenação, que trará o jogo e as ações físicas como elementos norteadores.

Na estreia, serão realizadas duas sessões do espetáculo em São José do Rio Preto, uma em Bauru e uma em Presidente Prudente, todas em espaços públicos descentralizados.

Essa é a segunda ação formativa do projeto. A primeira, em maio, discorreu sobre “Figurino e Maquiagem para Palhaços e Palhaças”, com o ator e palhaço Bruno Cavalcanti, cofundador da O que Será de Nós?! A publicação de um artigo acerca da pesquisa desenvolvida também está prevista.

O projeto é realizado por meio do ProAC Editais 10/2021, modalidade Circo / Produção / Grupos / Artistas individuais / Duplas (presencial e/ou online), do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

Sobre a O que Será de Nós?!

Fundada em 2014, em São José do Rio Preto, pelos atores Fernanda Missiaggia e Bruno Cavalcanti, a Companhia O que Será de Nós?! nasceu a partir da necessidade de ambos de aprofundar a pesquisa e a experimentação sobre a linguagem do cômico. Formados em Artes Cênicas na Universidade Estadual de Londrina (UEL), iniciaram a pesquisa principalmente através do palhaço ainda na graduação. A primeira montagem, “Adondedormem”, de 2016, tem direção do Ricardo Puccetti (Lume Teatro, de Campinas) e sua estreia aconteceu após um processo de pesquisa de cerca de um ano. O espetáculo circulou por cidades dos estados de São Paulo, Espírito Santo, Paraná e Ceará.

Em 2019, por meio do Prêmio Nelson Seixas, lei de incentivo local, a trupe montou o solo “Dona Miúda para Maiores”, dirigido por Adriane Gomes, o primeiro da palhaça, para adultos, cuja pesquisa se desdobra na atual e envolve a palhaçaria feminina e formas de colocar na cena, por meio do riso, questionamentos sobre equidade de gênero.

SERVIÇO:

Projeto “Dona Miúda para Menores”, da Cia O Que Será de Nós?!

Live: “Palhaçaria Feminina”, com Adriane Gomes (Universidade Estadual de Londrina – UEL); Naomi Silman (Lume Teatro, Campinas); e Marilia Ennes (Cia ParaladosanjoS, Campinas)

Quando: Dia 2 de junho, quinta, 19h

Onde assistir: YouTube da Cia Apocalíptica (www.youtube.com/ciaapocaliptica)

Grátis

Com interpretação em Libras

Sinopse da atividade:

Nesta live a diretora teatral, professora e pesquisadora Adriane Gomes vai mediar uma conversa com a atriz, palhaça e diretora, integrante do Lume Teatro Naomi Silman e a artista multidisciplinar e cofundadora do ParaladosanjoS Marília Ennes, trazendo o olhar e as experiências dessas artistas sobre o tema.

Sobre as participantes:

Naomi Silman

Atriz, palhaça e diretora, nascida em Londres (Inglaterra) e radicada no Brasil desde 1997, quando passou a integrar o Lume Teatro. Nesses 25 anos de trajetória viajou extensamente pelo Brasil e ao redor do mundo, apresentando-se em mais de 20 países e ministrando inúmeras oficinas, demonstrações de trabalho e assessorias artísticas. Como palhaça, desde 2004 apresenta o seu solo “O Não-Lugar de Agada Tchainik” (dirigido pela mestra canadense Sue Morrison), participando de festivais no Brasil e exterior. Vem criando e apresentando vários números e intervenções de palhaço, além de dirigir outros palhaços, cabarés e cortejos de rua, e ministrar oficinas e assessorias em palhaçaria. É membro do “Povo Parrir”, com quem promove rituais de riso junto com os povos kariri xocó e guarani.

Marília Ennes

Artista multidisciplinar cofundadora da Cia ParaladosanjoS, desenvolve trabalhos nos campos da performance, teatro, circo e da dança. Suas criações habitam uma zona de fronteira entre disciplinas artísticas e elaboram uma trama híbrida de saberes, revelando poéticas e estéticas singulares. Seu trabalho atravessa diversas perspectivas do processo cênico: direção, atuação, figurino e produção. Doutoranda em Artes da Cena pela Unicamp, aprofunda-se nos estudos teórico-práticos do ato de caminhar como prática-artística pedagógica. É escritora colaboradora da revista inglesa Total Theatre e coordenadora do Festival de Circo Transversal.

Adriane Gomes

Doutora em Artes da Cena (Unicamp), com doutorado sanduíche na Universitá Degli Studi di Milano. Mestre em Letras Orientais – Literatura e Cultura Russa (FFLCH- USP); graduada em Educação Artística – Licenciatura Plena em Artes Cênicas na UFSM/RS. Atriz pesquisadora do Núcleo de Pesquisa em Dança do Ator-PATUANÚ, coordenado por Carlos Simioni (Lume Teatro). Suas pesquisas estão relacionadas aos estudos da tradição teatral e a ressignificação destas na contemporaneidade, principalmente ao que se refere a commedia dell’arte e as manifestações do cômico. Em 2017, dirigiu a demonstração técnica de biomecânica teatral do ator Marcelo Bulgarelli, denominada “Feira das Ações”. Professora na área de direção teatral e jogos, orienta pesquisas relacionadas aos estudos do cômico e ministra oficinas, palestras e workshops relacionados ao estudo da palhaçaria, bufonaria e commedia dell’arte. Em 2019, assinou a direção do trabalho solo “Dona Miúda para Maiores”, da atriz e palhaça Fernanda Missiaggia (Cia o Que Será de Nós, São José do Rio Preto/SP). No ano de 2020, dirigiu a mini web série “Enquadrado”, do ator Matheus Moscheta, a partir do trabalho com a máscara inteira expressiva.

Fernanda Missiaggia

Bacharel em Artes Cênicas na Universidade Estadual de Londrina e pós-graduada em Gestão Cultural no Senac. É palhaça na Cia O Que Será de Nós?! e, na Cia Apocaliptica, é atriz, coordenadora de produção e preparadora corporal. Como professora de teatro trabalha em escolas de educação infantil e fundamental de São José do Rio Preto. Produtora executiva nas cias teatrais em que participa, tem experiência como coordenadora de produção em festivais presenciais e online. Pesquisa a contação de histórias utilizando da técnica do Kamishibai, assim como o teatro de formas animadas, principalmente o teatro lambe-lambe. Seu principal foco de pesquisa artística é o cômico, através da pesquisa com máscaras expressivas e, principalmente, por meio da palhaçaria.

Texto: Assessoria de Imprensa/Graziela Delalibera

Marcia Bernardes
Marcia Bernardeshttps://ftnews.com.br
Jornalista, 20 anos de experiência, tendo passado por diversas redações de mídia impressa em Catanduva e São José do Rio Preto. Atuou nos principais veículos do Noroeste Paulista, incluindo o jornal Diário da Região. Jornalista de formação, designer por amor.
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

POSTS POPULARES