22.3 C
Catanduva
sábado, fevereiro 24, 2024
spot_img
InícioRegiãoSão José do Rio PretoCultura divulga programação do Janeiro Brasileiro da Comédia 2023

Cultura divulga programação do Janeiro Brasileiro da Comédia 2023

O Janeiro Brasileiro da Comédia (JBC) 2023, que acontece entre 21 e 30/1, receberá 20 atrações teatrais nesta edição. É o dobro de apresentações da programação de 2022 e, além dos dez espetáculos da Mostra Nacional, a novidade é a programação com mais dez atrações no Cabaret do Riso, espaço noturno e alternativo do festival. Todas as ações e atrações são gratuitas. O evento é realizado pela Prefeitura de Rio Preto, por meio da Secretaria de Cultura. Apoio institucional: Conselho Municipal de Políticas Culturais, Centro Cultural Vasco, Unesp/Ibilce e Sesi.

Acesso à Cultura
A edição que marca os 20 anos do Janeiro Brasileiro da Comédia vem com uma proposta inovadora: levar espetáculos para as 10 regiões da cidade (Bosque, Central, CEU, Cidade da Criança, HB, Pinheirinho, Represa, Schmitt, Talhado e Vila Toninho), em sintonia com o conceito de gestão descentralizada e desenvolvimento regionalizado. Desta forma, caminhando alinhado a esta política pública, o JBC 2023 levará gratuitamente os espetáculos para diferentes pontos da cidade, criando acesso à cultura e oportunizando a fruição das artes.

Outra novidade é a introdução de novas categorias e atrações, além da Mostra Nacional e das oficinas, workshops e debates que já são tradição no evento, haverá o Cabaret do Riso, uma exposição fotográfica itinerante e painel crítico, batizado de Riso Crítico.

Neste ano, o JBC recebeu 216 inscrições de grupos e artistas de todo o Brasil e mais 03 inscrições de outros países. A Comissão de Seleção convidada pela Secretaria de Cultura, em diálogo com o Conselho Municipal de Políticas Culturais, foi composta por Jésser de Souza, Fabiana Monsalú e Alvaro Fernandes. O Janeiro Brasileiro da Comédia foi criado em 2003, para comemorar os 30 anos do Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto e, em 2023, completa 21 anos de história e 20 edições.

Mostra Nacional
A Mostra Nacional reúne espetáculos do gênero cômico, para rua ou para espaços alternativos, alinhando-se à proposta do festival de ser itinerante e se aproximar do público. Integram a programação, os espetáculos selecionados: A mulher monstro – Natal/RN; Que festa é essa, criatura? – Londrina/PR; Brisa’s Beach – Belo Horizonte/MG; Provisoriamente não cantaremos o amor – Florianópolis/SC; Pontos de vista de um palhaço – São Paulo/SP; O mago das megabolhas – Guaíra/PR; A fabulosa tenda dos “charlatães” – São Paulo/SP; Maquinista – Fortaleza/CE; Entrevista de emprego – Brasília/DF e Circo da Cuesta – Botucatu/SP.

A abertura será com o espetáculo A Mulher Monstro, com a S.E.M. Cia. de Teatro (Sentimento, Estéticas e Movimento), de Natal/RN. Será no dia 21, sábado, 19h, no Teatro Municipal Nelson Castro. A classificação indicativa é 14 anos. A distribuição dos ingressos será por ordem de chegada, uma hora antes do início do espetáculo, no local. Para outros espetáculos, a distribuição de ingressos segue o mesmo modelo, exceto aqueles em locais públicos e abertos, onde o acesso é livre.

A Mulher Monstro é um espetáculo cômico e trágico ao mesmo tempo baseado em declarações lamentáveis, polêmicas e verídicas das redes sociais, de políticos e figuras públicas. Como Drag Queen, José Neto Barbosa trata a atualidade brasileira expondo violências cotidianas e a personalidade de uma burguesa cis, falsa religiosa, perseguida pela própria visão intolerante da sociedade. Provocando gatilhos emocionais na plateia, indo nos limites do humor e os questionando na performance, presa numa pequena jaula, há a transformação de um verdadeiro monstro.

Cabaret do Riso
O Cabaret do Riso que já foi realizado numa edição passada, retorna após muitos anos, em um formato um pouco diferente. O espaço funcionará no Caboclão (Recinto de Exposições) nos dias 21, 22, 27, 28 e 29/01, das 20 às 2h.

O espaço noturno receberá, além das dez atrações selecionadas (números cômicos, micropeças, performances, etc), a Exposição Fotográfica Vai Recomeçar a Brincadeira, de Jorge Etecheber; food trucks que comercializarão bebidas e comidas e som ambiente com DJ.

Foram selecionadas para apresentações no Cabaret, as obras: A Banda do Jerônimo: uma inusitada banda de um homem só – Americana/SP; Os causos da Zefinha Parideira – Recife/PE; O violinista mosca morta – Brasília/DF; Tunina entre bananas e abacaxis – São Paulo/SP; Fumaça – Santo André/SP ; Malogro – Campinas/SP; Sortilégio – São José do Rio Preto/SP; Balões! – Rio de Janeiro/RJ; Fachianas in Concert – Franco da Rocha/SP e O Maestro – Campinas/SP.

O local terá capacidade para 400 pessoas por noite, maiores de 18 anos. A retirada de ingressos será sempre com 1h de antecedência, por ordem de chegada.

Formativas
As ações formativas foram ampliadas e diversificadas nesta edição do JBC. São workshops, oficinas, debates, uma exposição fotográfica itinerante, sessão de filme com debate e painel crítico.

Os debates, que já são tradição do evento, consistem em rodas de conversa entre artistas, técnicos, público e mediadores convidados pela Comissão Organizadora, ocorrendo sempre após a apresentação dos espetáculos da Mostra Nacional. Este ano, os debates serão mediados por Alexandre Mate, pesquisador teatral, doutor em história social e professor aposentado do Instituto de Artes da Unesp.

Em workshops e oficinas, voltados para artistas locais, estudantes de teatro, participantes do JBC e algumas opções também para o público em geral, a programação é vasta.

Estão na programação de oficinas: E o palhaço, o que é?, com Ésio Magalhães – Campinas/SP e Riso como enfrentamento – Oficina de palhaçaria para Mulheres, com Felícia de Castro – Salvador/BA; de workshops: Perspectivas sobre as potências para um trabalho continuado dentro de um grupo, com o Pavilhão da Magnólia – Fortaleza/CE; Noções Básicas da Maquiagem Drag Queen, com José Neto Barbosa, Natal/RN; Pequena Dose de Palhaçada, com Ana Vaz – Brasília/DF; Palhaçaria na visão feminina, com Daniele Pezenti Dias -Londrina/PR; Mulheres: encontro, comicidade e enfrentamento, com Janaína Morse – Belo Horizonte/MG; Qual é a graça? Uma reflexão (im)pertinente sobre a comédia, com Maristela Chelala e Daniel Warren, São Paulo/SP; Introdução ao Universo das Máscaras, com Amanda Schmitz e Mariana Rhormens – São Paulo/SP; Eu, Palhaçaria, com Débora De Matos e Egon Seidler – Florianópolis/SC e Palhaçaria, com Marcelo de Lima – Guaíra /PR e A Interpretação Cômica No Circo-Teatro com Fernando Vasques e Mimi Tortorella – Botucatu/SP.

Haverá também como ação formativa, a exibição do filme Tudo o que você precisa é amor, com Felícia de Castro – Salvador/BA, que acontecerá dentro da programação do Cabaret do Riso e será seguida de um debate. O JBC passará a ter crítica como ação formativa, para isso foi criado o Riso Crítico.

Ainda como ação formativa e por conta da comemoração da 20.ª edição, haverá uma exposição que conta a história do JBC por meio de fotos. As inscrições para as oficinas e workshops estarão disponíveis a partir de 11/01 até o preenchimento das vagas, diretamente no link: riopreto.sp.gov.br/2023jbc .

Exposição Fotográfica
Selecionada entre as três inscritas, a exposição fotográfica Vai Recomeçar a Brincadeira!, conta a história do JBC por meio das fotos de Jorge Etecheber, de São José do Rio Preto/SP.

Nessa exposição o fotógrafo rio-pretense faz uma retrospectiva das edições anteriores do Janeiro Brasileiro da Comédia, apresentando o resultado de seu trabalho nestes 20 anos de festival.

A exposição percorrerá as dez regiões da cidade, acompanhando os espetáculos que se apresentarão nesta edição e estará no Cabaret do Riso em suas cinco noites.

Riso Crítico
Assim como o FIT (Festival Internacional de Teatro), o JBC passará a contar com o Painel Crítico. Trata-se do exercício de escrita crítica, coordenado por Kil Abreu, profissional convidado pela Comissão Organizadora e com participação de interessados mediante inscrição prévia e seleção. Os exercícios críticos serão publicados no site do JBC 2023.

O trabalho será desenvolvido em duas etapas: primeiro em encontros formativos e colaborativos e depois nos exercícios de prática da crítica. Na primeira etapa os selecionados e selecionadas criam, junto com o crítico convidado, o “protocolo para a escrita” – um instrumento coletivo que orientará a ação. Posteriormente, o grupo escreve textos críticos a partir dos espetáculos apresentados no JBC.

Kil Abreu – São Paulo/SP é jornalista, crítico, curador e pesquisador de teatro. Os encontros formativos, para as pessoas selecionadas, serão nos dias 19 e 20 de janeiro, 19h às 22h, na Casa de Cultura Dinorath do Valle. Os exercícios de crítica acontecem de 21 a 30 de janeiro, com acompanhamento do crítico convidado. As inscrições para o Riso Crítico estarão disponíveis a partir de 11/01 até o preenchimento das 06 vagas, diretamente no link: riopreto.sp.gov.br/2023jbc .

Texto: Josy Mariano de Sá/Secretaria de Comunicação

PROGRAMAÇÃO JBC 2023
DIA A DIA

21/01 – SÁBADO
9h às 12h – Workshop: Perspectivas sobre as potências para um trabalho continuado dentro de um grupo
com Pavilhão da Magnólia – Fortaleza/CE
Casa de Cultura Dinorath do Valle

14h às 17h – Oficina: E o palhaço, o que é?
com Ésio Magalhães – Campinas/SP
Casa de Cultura Dinorath do Valle

19h – Espetáculo: A mulher monstro
S.E.M. Cia. de Teatro (Sentimento, Estéticas e Movimento) – Natal/RN

21h – Debate – com Alexandre Mate
Riso Crítico – com Kil Abreu
Exposição – Vai ReComeçar a brincadeira – Jorge Etecheber – São José do Rio Preto/SP
Teatro Municipal Nelson Castro – Jd. Novo Aeroporto

22h – Cabaret do Riso
. A banda do Jerônimo: uma inusitada banda de um homem só Americana/SP
. Os causos da Zefinha Parideira

Recife/PE
. Exposição – Vai ReComeçar a brincadeira – Jorge Etecheber – São José do Rio Preto/SP
Recinto de Exposições – Caboclão

22/01 – DOMINGO
9h às 12h – Workshop: Atuação para além dos basti[dores]: corpo, maquiagem e expressão
com José Neto Barbosa e Sérgio Gurgel Filho – Natal/RN
Casa de Cultura Dinorath do Valle

14h às 17h – Oficina: E o palhaço, o que é?
com Ésio Magalhães – Campinas/SP
Casa de Cultura Dinorath do Valle

19h – Espetáculo: Maquinista
Pavilhão da Magnólia – Fortaleza/CE

20h15 – Debate – com Alexandre Mate
Riso Crítico – com Kil Abreu
Exposição – Vai ReComeçar a brincadeira – Jorge Etecheber – São José do Rio Preto/SP
Complexo Esportivo Pinheirinho – Solo Sagrado

21h – Cabaret do Riso
. O violinista mosca morta
Brasília/DF

. Tunina entre bananas e abacaxis
São Paulo/SP

. Exposição – Vai ReComeçar a brincadeira – Jorge Etecheber – São José do Rio Preto/SP
Recinto de Exposições Caboclão

DIA 23/01 – SEGUNDA
9h às 12h – Workshop: Pequena dose de palhaçada
com Ana Vaz – Brasília/DF
Casa de Cultura Dinorath do Valle

14h às 17h – Oficina: E o palhaço, o que é?
com Ésio Magalhães – Campinas/SP
Casa de Cultura Dinorath do Valle

20h – Espetáculo: Entrevista de emprego
BRs.a. Coletivo de Artistas – Brasília/DF

21h15 – Debate – com Alexandre Mate
Riso Crítico – com Kil Abreu
Exposição – Vai ReComeçar a brincadeira – Jorge Etecheber – São José do Rio Preto/SP
Jardim Suspenso do Terminal Urbano Rodoviário – Centro

DIA 24/01 – TERÇA

9h às 12h – Workshop: Palhaçaria na visão feminina
com Daniele Pezenti – Londrina/PR
Casa de Cultura Dinorath do Valle

14h às 17h – Oficina: E o palhaço, o que é?
com Ésio Magalhães – Campinas/SP
Casa de Cultura Dinorath do Valle

20h – Espetáculo: Que festa é essa, criatura?
Cia Incrível Teimosa – Londrina/PR

21h – Debate – com Alexandre Mate
Riso Crítico – com Kil Abreu
Exposição – Vai ReComeçar a brincadeira – Jorge Etecheber – São José do Rio Preto/SP
Praça Allan Kardec (Núcleo de Artes Roberto Farath) – Jd. Soraia

DIA 25/01 – QUARTA
9h às 12h – Workshop: Mulheres – Encontro, comicidade e enfrentamento
com Janaína Morse – Belo Horizonte / MG
Casa de Cultura Dinorath do Valle

14h às 17h – Oficina: E o palhaço, o que é?
com Ésio Magalhães – Campinas/SP
Casa de Cultura Dinorath do Valle

20h – Espetáculo: Brisa’s Beach
Minha Companhia – Belo Horizonte/MG

21h – Debate – com Alexandre Mate
Riso Crítico – com Kil Abreu
Exposição – Vai ReComeçar a brincadeira – Jorge Etecheber – São José do Rio Preto/SP
Praça São Sebastião de Talhado

DIA 26/01 – QUINTA
9h às 12h – Workshop: Qual é a graça? – Uma reflexão (im)pertinente sobre a comédia
com Maristela Chelala e Daniel Warren – São Paulo/SP
Casa de Cultura Dinorath do Valle

14h às 17h – Oficina: Riso como enfrentamento – Palhaçaria para mulheres
com Felícia de Castro – Salvador/BA
Casa de Cultura Dinorath do Valle

20h – Pontos de vista de um palhaço
Fenetre Produções – São Paulo/SP

21h15 – Debate – com Alexandre Mate
Riso Crítico – com Kil Abreu
Exposição – Vai ReComeçar a brincadeira – Jorge Etecheber – São José do Rio Preto/SP
Unesp/Ibilce – Jardim Nazareth

DIA 27/01 – SEXTA
9h às 12h – Workshop: Introdução ao universo de máscaras
com Amanda Schmitz e Mariana Rhormens – São Paulo/SP
Casa de Cultura Dinorath do Valle

14h às 17h – Oficina: Riso como enfrentamento – Palhaçaria para mulheres
com Felícia de Castro – Salvador/BA
Casa de Cultura Dinorath do Valle

16h – Espetáculo: A fabulosa tenda dos “charlatães”
Grupo Desembargadores do Furgão -São Paulo/SP

17h – Debate – com Alexandre Mate
Riso Crítico – com Kil Abreu
Exposição – Vai ReComeçar a brincadeira – Jorge Etecheber – São José do Rio Preto/SP
CEU das Artes Aristides dos Santos – Bairro Nova Esperança

20h – Cabaret do Riso
. Fumaça
Santo André/SP

. Malogro
Campinas/SP

. Exposição – Vai ReComeçar a brincadeira – Jorge Etecheber – São José do Rio Preto/SP
Recinto de Exposições Caboclão

DIA 28/01 – SÁBADO
9h às 12h – Workshop: Eu, palhaçaria
com Traço Cia. de Teatro – Florianópolis/SC
Casa de Cultura Dinorath do Valle

14h às 17h – Oficina: Riso como enfrentamento – Palhaçaria para mulheres
com Felícia de Castro – Salvador/BA
Casa de Cultura Dinorath do Valle

20h – Espetáculo: Provisoriamente não cantaremos o amor
Traço Cia. de Teatro – Florianópolis/SC

21h30 – Debate – com Alexandre Mate
Riso Crítico – com Kil Abreu
Exposição – Vai ReComeçar a brincadeira – Jorge Etecheber – São José do Rio Preto/SP
Centro Cultural Vasco – Vila Zilda

22h30 – Cabaret do Riso
. Sortilégio
São José do Rio Preto/SP

. Balões!
Rio de Janeiro/RJ

. Filme-debate: Tudo o que você precisa é amor
Salvador/BA

. Exposição – Vai ReComeçar a brincadeira – Jorge Etecheber – São José do Rio Preto/SP
Recinto de Exposições – Caboclão

DIA 29/1- DOMINGO
9h às 12h – Workshop: Palhaçaria
com Mago Doriswoldo – Guaíra/PR
Casa de Cultura Dinorath do Valle

14h às 17h – Oficina: Riso como enfrentamento – Palhaçaria para mulheres
com Felícia de Castro – Salvador/BA
Casa de Cultura Dinorath do Valle

17h – Espetáculo: O mago das megabolhas
MB Produções Artísticas – Guaíra/PR

18h15 – Debate – com Alexandre Mate
Riso Crítico – com Kil Abreu
Exposição – Vai ReComeçar a brincadeira – Jorge Etecheber – São José do Rio Preto/SP
Praça Santa Apolônia de Engenheiro Schmitt

20h – Cabaret do Riso
. Fachianas in Concert
Franco da Rocha/SP

. O Maestro
Campinas/SP

. Exposição – Vai ReComeçar a brincadeira – Jorge Etecheber – São José do Rio Preto/SP
Recinto de Exposições – Caboclão

DIA 30/1 – SEGUNDA
9h às 12h – Workshop: A interpretação cômica no circo-teatro
com Cia Beira Serra de Circo e Teatro – Botucatu/SP
Casa de Cultura Dinorath do Valle

14h às 17h – Oficina: Riso como enfrentamento – Palhaçaria para mulheres
com Felícia de Castro – Salvador/BA
Casa de Cultura Dinorath do Valle

20h – Espetáculo: Circo da Cuesta
Cia Beira Serra de Circo e Teatro – Botucatu/SP

21h15 – Debate – com Alexandre Mate
Riso Crítico – com Kil Abreu
Exposição – Vai ReComeçar a brincadeira – Jorge Etecheber – São José do Rio Preto/SP
Teatro do Sesi – Jd. dos Seixas – Parque da Represa

Mariana Lachi
Mariana Lachi
Mariana Lachi - Jornalista com formação em Comunicação Social e Pedagoga. Experiência em um pouquinho de tudo: TV, rádio, revista, assessoria de imprensa e jornal impresso. Atua há mais de 20 anos com mídia.
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

POSTS POPULARES