15.1 C
Catanduva
quinta-feira, maio 23, 2024
spot_img
InícioRegiãoSão José do Rio PretoEleitas tomam posse no Conselho Municipal dos Direitos da Mulher

Eleitas tomam posse no Conselho Municipal dos Direitos da Mulher

As integrantes do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM) de São José do Rio Preto para o biênio 2023-2025 tomaram posse esta semana. Após a posse, foi feita a votação para mesa diretora da nova gestão.

A presidente eleita, via voto fechado, Lana Braga, diz que pretende dar continuidade ao trabalho que vem sendo feito pelo órgão, alçado à condição de deliberativo desde março deste ano. Isso quer dizer que o colegiado tem poder decisório sobre as ações da administração. A mesa diretora é formada ainda por Lenina Vernucci da Silva (vice-presidente), Patrícia Gâmbaro (1ª secretária) e Ana Tereza Amâncio Dária (2ª secretária).

“Estamos pensando em fazer uma posse oficial em novembro, aproveitando os 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres, para receber e selar um compromisso das novas conselheiras. No nosso primeiro encontro, todas receberam o Regimento e as legislações pertinentes. É muito importante caminhar junto ao governo, na criação, implementação e fiscalização de políticas públicas”, afirma Lana, que é bacharela em direito e integrante do Instituto Maria da Comunidade.

Outra proposta da nova gestão é chamar os movimentos ligados à causa da mulher para organizar um calendário com as atividades desses coletivos. “A ideia é fazer uma união entre todas, pois somos mulheres com o propósito comum de ajudar outras mulheres”, diz a presidente do CMDM.

Legado

A ex-presidente do órgão, Maria Aparecida Cury, destaca os avanços da gestão anterior. “As conquistas vêm com muita insistência, muito diálogo. Podemos citar a lei de reestruturação do conselho (nº 14.360/23), que o tornou deliberativo. Agora, o maior desafio da nova gestão é a aprovação de uma legislação para regulamentar o fundo municipal. Ao longo desses dois anos, buscamos levar o conhecimento sobre a Lei Maria da Penha, a violência doméstica, os direitos das mulheres para aquelas que estão na ponta. Promovemos os diálogos regionais, com objetivo de preparar uma conferência, que precisa vir.” Ela cita ainda o plano de ação que foi feito com o objetivo de garantir a continuidade dos trabalhos, por meio de metas.

O CMDM tem como objetivo promover políticas que visem coibir, reduzir e eliminar a discriminação ou violência contra a mulher, assegurando-lhe condições de liberdade e igualdade de direitos, bem como sua plena participação nas atividades políticas, econômicas e culturais. Composto paritariamente por 22 mulheres, representantes do Poder Público e demais segmentos da sociedade civil organizada e suas respectivas suplentes.

O órgão pode ser contatado por meio do Setor de Conselhos que atua junto à Secretaria da Mulher, Pessoa com Deficiência e Igualdade Racial de Rio Preto, situada à Rua Bernardino de Campos, 4.075, Redentora. Os telefones são (17) 3231-5226 e WhatsApp (17) 99709-1162. O e-mail é o conselhomulher@riopreto.sp.gov.br. Mais informações no site https://www.riopreto.sp.gov.br/cmdm/ e no https://www.instagram.com/conselhomulher_riopreto/

Mariana Lachi
Mariana Lachi
Mariana Lachi - Jornalista com formação em Comunicação Social e Pedagoga. Experiência em um pouquinho de tudo: TV, rádio, revista, assessoria de imprensa e jornal impresso. Atua há mais de 20 anos com mídia.
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

POSTS POPULARES