15.5 C
Catanduva
domingo, maio 26, 2024
spot_img
InícioSaúdeEm Rio Preto, Outubro Rosa terá busca ativa para realização...

Em Rio Preto, Outubro Rosa terá busca ativa para realização de mamografia

A Prefeitura de Rio Preto, por meio da Secretaria de Saúde, promove neste mês, a Campanha Outubro Rosa, que tem por objetivo conscientizar sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama.

Realizada em conjunto pelas unidades básicas de saúde e o Centro de Atendimento Especializado na Saúde da Mulher – Caesm – a programação, este ano, terá palestras, bate-papos, orientações nas salas de espera e busca ativa de pacientes que têm indicação para o exame de mamografia, mas estão faltosas.

“Este ano, focamos em um trabalho com os agentes de saúde para a busca ativa de pacientes que nunca fazem mamografia. Será um trabalho muito bacana e de resultado”, afirma a gerente do Caesm, Fabíola Valério.

Os cerca de 400 agentes de saúde da Prefeitura foram capacitados pela equipe do serviço para realização da busca ativa. Desta forma, durante todo o mês, os profissionais percorrerão as casas da cidade, com um check list, buscando mulheres de 50 a 69 anos que estão há mais de dois anos sem realizar a mamografia.

“Com esse check list, será solicitado exame e a paciente será inserida na lista de espera para o agendamento, de acordo com a prioridade”, explicou.

Em 2022, o Caesm realizou 7.142 mamografias, com 118 diagnósticos de câncer de mama e 24 de câncer de colo de útero. Com os exames realizados por prestadores de serviço, o município contabilizou 13.532 exames de mamografia realizados pelo SUS em 2022 e 24.317 de papanicolau. O número de óbitos por câncer de mama em 2022 foi de 43, em residentes de Rio Preto, além de 23 por câncer de colo de útero.

Rastreamento

Para o rastreamento oportuno de câncer de mama e colo uterino, o município conta com 29 unidades básicas de saúde com enfermeiros, médicos ginecologistas e médicos de saúde da família que fazem os atendimentos às munícipes, orientando sobre prevenções, realizando a coleta do papanicolau e solicitando a mamografia.

Os agentes de saúde em suas visitas domiciliares orientam as mulheres ao agendamento de consultas e muitas que estão com exames atrasados são convocadas a agendarem.

A indicação para o papanicolau, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer – Inca –, é para mulheres da faixa etária de 25 a 64 anos que já iniciaram a vida sexual, com repetição a cada três anos. Já para a mamografia, a indicação é a cada dois anos, para mulheres da faixa etária entre 50 a 69 anos.

Em Rio Preto, o tratamento para os cânceres de mama e colo uterino pela rede municipal de saúde é realizado da Santa Casa.

Mariana Lachi
Mariana Lachi
Mariana Lachi - Jornalista com formação em Comunicação Social e Pedagoga. Experiência em um pouquinho de tudo: TV, rádio, revista, assessoria de imprensa e jornal impresso. Atua há mais de 20 anos com mídia.
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

POSTS POPULARES