31.7 C
Catanduva
sábado, março 2, 2024
spot_img
InícioEconomiaEx-franqueada de rede de hot dogs empreende com negócio próprio em Catanduva

Ex-franqueada de rede de hot dogs empreende com negócio próprio em Catanduva

Quando a decisão é empreender, as possibilidades de negócios são inúmeras. Você pode abrir sua própria empresa, comprar uma companhia já existente, investir em uma franquia e até começar uma sociedade. Se a dúvida está entre o franchising ou começar do zero e você fizer essa pesquisa na internet, será soterrado por textos que mostram as maravilhas de ser um franqueado.

Esse caminho foi trilhado pela empresária Raquel Camara Escriboni, de Lins e radicada há 10 anos em São José do Rio Preto. Casada e com dois filhos, ela iniciou sua carreira empreendedora em 2020, tornando-se franqueada de uma rede de restaurantes em Catanduva.

Para chegar a tal ponto, entretanto, foi uma longa jornada de descoberta pessoal, seguindo seu instinto e talento nato. Da primeira atividade, logo aos 13 anos, como babá, depois como mirim, até o primeiro registro em uma loja de calçados no calçadão de Lins. Passou então para uma loja de departamentos, onde se deparou com metas bastante altas e vendedores experientes.

“Eu penei muito, então enquanto eles almoçavam e jantavam, eu ficava lá porque era a hora que eu conseguia vender. Eles também não davam atenção para clientes muito novos, achando que não iriam comprar, então eu dava atendimento apostando que eles voltariam com os pais e, assim, eu ia atingindo as minhas metas, e assim fiquei pouco mais de 3 anos”, relembra.

O próximo desafio foi em um escritório de contabilidade, por volta dos 18 anos de idade, onde conheceu seu marido e mudou-se para São José do Rio Preto, continuando a atuar no mesmo segmento. “Aprendi muito lá, cuidava de 40 empresas, foi uma escola pra mim.”

Nem mesmo o nascimento de seu primeiro filho parou Raquel. “Ele tinha 5 meses e eu já estava vendendo bolo no pote de empresa em empresa, fazia bolos e doces, depois descobri calçados de Birigui, então ia uma vez por mês e comprava R$ 1 mil, parava nos escritórios e vendia. Logo passei a ir toda semana e no terceiro mês não precisava mais ir, eles já me mandavam por frete.”

O ano seguinte foi ao lado do marido, que abriu seu próprio escritório de contabilidade e um dos clientes era justamente a franquia que abriria para ela as portas do empreendedorismo. “Eu já conhecia bem a marca, pois tinha prestado assessoria para eles”, comenta Raquel sobre o motivo de ter escolhido a franquia para empreender – abrindo uma unidade da rede em Catanduva.

Raquel não apenas abriu a franquia, mas em pouco tempo tornou-se uma das maiores franqueadas, destacando-se não apenas por superar as metas de faturamento e volume de clientes atendidos mensalmente, mas também por ajudar a marca na inovação de seus produtos e serviços, tendo sido convidada para integrar o comitê de marketing da franquia.

“Eu não me conformo com as coisas como estão, percebi que tínhamos a oportunidades para atender melhor as famílias de Catanduva, especialmente aquelas que tem filhos pequenos, e fui a primeira unidade a implantar um brinquedão para distrair os pequenos e permitir que os pais façam uma boa refeição vendo seus filhos brincarem”, conta Raquel sobre uma das inovações.

MARCA PRÓPRIA

Depois de 18 meses como franqueada, Raquel decidiu que era hora de mudar de novo, dar um passo adiante, e fundou a marca que acaba de inaugurar em Catanduva, a Boni´s Famous Hot Dog. “Com o tempo, percebi que eu queria mudar muita coisa, e já não fazia sentido seguir como franqueada. Decidi em conjunto com a franqueadora que era hora de fechar o ciclo”, comenta.

Ela frisa que Catanduva precisa de inovação e por isso a aposta no estilo Fast Casual, focado no entretenimento familiar, tendo como uma das inspirações a marca americana Chuck E. Cheese, que possui centenas de restaurantes na terra do Tio Sam. A empreendedora brinca com o fato: “Lá eles são uma pizzaria com diversão. Aqui, nós somos uma casa de hot dogs com diversão!”

A nova etapa inclui a aposta no cardápio digital, com tablet na mesa. “Visitei vários restaurantes em São Paulo e senti essa necessidade”, confidencia, explicando que os pedidos vão direto para a cozinha e o caixa. “É fast, rápido, mas casual, pois tem a humanização”, frisa. Outros destaques são as obras da artista Danila Pinheiro e a parceria com Coca-Cola McCain e Matilat.

A empreendedora também traça planos futuros, como a adoção de um mascote para entreter as crianças e a criação de jogos criativos para os pequenos levarem para casa. “Essa marca tem muito de mim, mas não construí nada sozinha, tenho uma equipe muito eficiente”, enaltece. Entre os projetos, está o de franquear o novo negócio, já que empreender é sua verdadeira habilidade.

Mariana Lachi
Mariana Lachi
Mariana Lachi - Jornalista com formação em Comunicação Social e Pedagoga. Experiência em um pouquinho de tudo: TV, rádio, revista, assessoria de imprensa e jornal impresso. Atua há mais de 20 anos com mídia.
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

POSTS POPULARES