31.7 C
Catanduva
sábado, março 2, 2024
spot_img
InícioCatanduvaÍndice de Infestação de Larvas cai para 1,4%, aponta levantamento da EMCAa

Índice de Infestação de Larvas cai para 1,4%, aponta levantamento da EMCAa

O índice de infestação larvária caiu para 1,4% em Catanduva. É o que aponta o levantamento feito este mês pela EMCAa (Equipe Municipal de Combate ao Aedes aegypti). Em comparação à amostragem aferida em janeiro de 2022, o município reduziu sua taxa de larvas encontradas. Naquele mês, o setor registrou o índice de 7,4%.

Apesar do recuo nos indicadores, a atual amostragem coloca o município em estado de alerta, quanto ao número de larvas encontradas, já que o limite máximo permitido pela OMS (Organização Mundial de Saúde) é de 1%.

Para chegar ao atual resultado da pesquisa, os agentes de endemias avaliaram 6.444 imóveis. Desses, 3 mil estavam abertos para visita e 3.444 foram encontrados fechados no momento da inspeção.

Os bairros com maior quantidade de larvas encontradas foram: Centro, Vila Rodrigues, Conjunto Habitacional Prefeito João Righini, Jardim Soto, Conjunto Habitacional Pedro Nechar, Parque Flamingo e Parque Residencial Agudo Romão. Das amostras coletadas, os principais criadouros identificados foram, ralos internos e externos, bebedouros de consumo animal, vasos de planta, baldes, piscina, garrafa descartável, entulho de construção, chão e tanque de lavar roupas.

A partir do resultado, a EMCaa fará planejamento das ações para execução posterior, levando em conta os bairros com maior quantidade de larvas e tipos de recipientes predominantes. O Disk-Dengue 3531-9200 está disponível para agendamentos e denúncias pertinentes ao assunto.

O setor pede a colaboração da população no recebimento dos agentes de endemias e a procura para agendamento de visitas em caso de recebimento da notificação em residência fechada. Cabe ao munícipe redobrar ações de retirada e controle de locais que acumulam água dentro das residências, além de possibilitar a entrada dos agentes de endemias e comunitários.

Boletim

Os casos de dengue também despencaram em Catanduva. De acordo com boletim epidemiológico, julho contabiliza 10 casos positivos da doença e 64 exames aguardam resultado. A média de notificações, mês a mês, está decrescente: janeiro (38), fevereiro (93), março (614), abril (1.296), maio (1.009), junho (318) e julho (10).

Mariana Lachi
Mariana Lachi
Mariana Lachi - Jornalista com formação em Comunicação Social e Pedagoga. Experiência em um pouquinho de tudo: TV, rádio, revista, assessoria de imprensa e jornal impresso. Atua há mais de 20 anos com mídia.
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

POSTS POPULARES