24.8 C
Catanduva
sábado, março 2, 2024
spot_img
InícioRegiãoSão José do Rio PretoObras de recuperação do Terminal Rodoviário Laudo Natel avançam

Obras de recuperação do Terminal Rodoviário Laudo Natel avançam

Dois anos após o incêndio que destruiu grande parte da Estação Rodoviária Laudo Natel e comprometeu todo o piso superior, que abrigava as instalações dos 166 permissionários do Shopping Azul, as obras de recuperação do prédio estão avançadas e caminham para a fase final.

Desde o processo de licitação aberto em novembro de 2021, a recuperação e reforma ganharam agilidade. A obra prevê investimento total de R$ 16.886.731,03, com expectativa de conclusão para março de 2023. O secretário de Obras, Israel Cestari, informa que o cronograma está sendo cumprido.

“Depois da entrega, partimos para a fase da instalação dos permissionários do Shopping Azul, salas VIP, bilheterias e restaurantes. Isso vai mais um tempo. A previsão é estarmos em obras neste semestre”, afirma o secretário, sobre as etapas complementares da reforma.

A construção abrange 9.788,00 metros quadrados, sendo 3.720m² no pavimento inferior, 3.513m² no pavimento térreo e 2.555m² no pavimento superior, área que irá abrigar os lojistas do Shopping Azul. A ordem de serviço foi assinada em junho de 2022.

Foram usadas três fontes de recurso: R$ 7.720.002,44 (contrato de financiamento 0410685-53/Mobilidade Urbana), R$ 2.865.000,00 (contrato OGU 887645/2019 – Ministério do Turismo/Emenda Parlamentar) – e R$ 6.301.728,59 (recursos próprios do município).

Todos os pavimentos passam por melhorias. O embarque e desembarque de passageiros acontece no subsolo, que terá acesso restrito aos passageiros, por meio de catracas. Neste local, serão instaladas as salas VIP, para que usuários possam aguardar os ônibus com mais conforto.

Serão 13 plataformas, operadas por 28 empresas e 12 salas VIP, além de terminais de carga. O acesso ao piso superior será feito por elevador panorâmico – serão três com capacidade para até nove pessoas cada – ou por meio de escadarias.

No térreo, acesso principal pela rua Pedro Amaral, a entrada foi ampliada, ganhando acessibilidade, funcionalidade e mais praticidade. Serão 25 boxes para a venda de passagens, 11 lanchonetes, um Posto de Informação Turística (PIT), uma sala administrativa da Empresa Municipal de Urbanismo (Emurb) e a nova unidade do Procon, além de vagas de táxis e parada rápida. Todos os lojistas receberão um caderno de padronização das fachadas com as sugestões de layouts.

O pavimento superior ganhou nova cobertura. A estrutura será metálica e com desenho que permite aproveitamento maior da luz e do vento, mais sustentável, com economia de energia elétrica. Com a nova cobertura, serão realocados os 166 comerciantes do Shopping Azul, que atualmente recebem o público consumidor em estruturas montadas na praça Leonardo Gomes, ao lado do terminal urbano.

A falta de vagas de estacionamento também será equalizada com a reforma. O antigo terminal urbano – que funciona temporariamente como Rodoviária – terá, após a reforma, um estacionamento público com capacidade para, ao mínimo, 50 veículos. Serão criadas ainda 17 vagas de parada rápida na rua Pedro Amaral. Após a conclusão da reforma, o terminal utilizado atualmente como rodoviária receberá apenas viagens suburbanas – para destinos que ficam até a 100 quilômetros de distância.

Além disso, o entorno vai ganhar melhorias, já que as ruas Voluntários de São Paulo e Pedro Amaral serão transformadas em vias compartilhadas, ambas valorizando o pedestre e a segurança no trânsito. Serão alargadas com a implementação de áreas verdes e lugares de descanso, assim como o projeto que contemplou ruas do quadrilátero da região Central de Rio Preto.

A expectativa é de que toda a obra seja entregue ainda no primeiro semestre de 2023, conforma o prazo anunciado de dois anos.

Histórico

Entre a noite do sábado, 23, e a madrugada de 24 de janeiro de 2021, um incêndio de grandes proporções atingiu o piso superior da Rodoviária de Rio Preto e destruiu mais de 200 bancas populares do Shopping Azul. Desde então, o Poder Público vem promovendo ações para recuperar o local e apoiar os permissionários que trabalhavam no local e precisaram ser realocados.
“Unimos todas as secretarias da Prefeitura, desde a data do incidente até hoje, para acolher os comerciantes daquela região. Foram inúmeras tratativas junto a Associação Riopretense dos Vendedores Autônomos e Ambulantes para oferecer uma série de medidas, que foram de realocação até linhas de crédito com juros reduzidos e carência para o pagamento da primeira parcela”, relembrou o secretário de Desenvolvimento Econômico e Negócios de Turismo, Jorge Luis de Souza.

A primeira ação efetiva foi oferecer um novo local para que todos pudessem instalar suas barracas. Em 26 de janeiro de 2021, o prefeito Edinho Araújo, junto com demais secretários, sugeriu que todos fossem instalados na Praça Jornalista Leonardo Gomes (em frente ao Novo Terminal Urbano). No dia 10 de fevereiro, após assembleia, os lojistas aceitaram a realocação para a Praça Jornalista Leonardo Gomes.

O projeto foi apresentado para os representantes da categoria, ficando sob a responsabilidade da prefeitura a infraestrutura geral para o início das atividades, e a cargo dos comerciantes a estrutura de cada loja e o pagamento de despesas de água e luz.

A Secretaria de Assistência Social também acompanhou os trabalhos e o Departamento de Proteção Social Básica pautou ações realizadas através dos CRAS (Centros de Referência de Assistência Social) junto às famílias que foram atingidas pelo incêndio, sendo atendidas e direcionadas aos serviços da rede socioassistencial do munícipio, para terem acesso ao mínimo de condições de sobrevivência e retomada.

Após a definição do espaço para instalação das barracas, abertura de licitação para a compra das barracas, em abril de 2021 o Poder Público deu início a realocação dos comerciantes.

“Na época acordamos que a compra dos itens para montar os boxes seria de responsabilidade da Prefeitura e que o valor para montagem seria custeado pela associação dos permissionários. Além disso, disponibilizamos vários cursos on-line e gratuitos para os lojistas do Shopping Azul, com temas relacionados à gestão empresarial e inovação, com ferramentas, estratégias e dicas para melhorar a atuação dos lojistas no digital e também noções de controle empresarial”, afirmou Jorge.

O local onde serão realocados os permissionários está sendo totalmente recuperado, com maior espaço entre os boxes, novos conjuntos sanitários com maior conforto. A Praça de alimentação foi redimensionada para maior conforto dos usuários. A segurança do local e dos usuários foi o pilar principal do projeto de reforma, sem prejudicar o conforto dos que frequentam e trabalham no local.

Mariana Lachi
Mariana Lachi
Mariana Lachi - Jornalista com formação em Comunicação Social e Pedagoga. Experiência em um pouquinho de tudo: TV, rádio, revista, assessoria de imprensa e jornal impresso. Atua há mais de 20 anos com mídia.
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

POSTS POPULARES