20.7 C
Catanduva
domingo, março 3, 2024
spot_img
InícioRegiãoSão José do Rio Preto3º Mutirão de Castração de Rio Preto deve esterilizar 1,2 mil animais

3º Mutirão de Castração de Rio Preto deve esterilizar 1,2 mil animais

O 3º Mutirão de Castração promovido pela Secretaria do Bem-estar Animal de São José do Rio Preto tem como meta esterilizar 1.200 animais, entre os dias 4 e 9 de julho. A ação ocorre no Complexo Swift de Educação e Cultura. Todas as vagas estão preenchidas. São seis dias de mutirão, com 200 vagas diárias.

A secretaria pede aos tutores que comparecem no dia e horário agendados. Caso não seja possível, é preciso avisar com antecedência pelo telefone (17) 3513-5050. Além do agendamento, todos os donos de animais receberam orientações via WhatsApp sobre o preparo para a cirurgia e os cuidados no momento da castração.

“Se o tutor não puder comparecer, outra pessoa pode levar o animal ao mutirão, desde que esteja com uma cópia do comprovante de residência que consta no cadastro do pet. Caso não seja possível, por favor, nos avise para liberar essa vaga e dar oportunidade para que outro animal possa ser esterilizado”, orienta Loren Franco, assessora de ampla assistência da Secretaria do Bem-estar Animal.

Cães e gatos precisam estar em jejum de oito horas de água e ração. Na triagem, são checados os sinais vitais e a condição geral do animal, para liberação para a cirurgia. Há casos em que o pet não está apto para o procedimento. O tutor deve portar documento pessoal e comprovante de residência igual ao do cadastro na secretaria. “É de extrema importância que os animais bravios e de grande porte estejam com coleira e focinheira. Pedimos ainda que todos levem seu saquinho higiênico, para recolher as fezes do seu pet e deixar o ambiente limpo. No caso de gatos, levar de uma forma segura para que não fuja, mas nunca apenas no colo”, recomenda Loren.

Dia e horário devem ser respeitados, pois os gatos e gatas são esterilizados na primeira parte da manhã, seguidos das cadelas. As tardes são reservadas para os cães machos. Todo animal a partir dos seis meses deve ser cadastrado, pois além de prevenir doenças fatais, o procedimento diminui as crias indesejadas e, com isso, há menos abandono e menos animais nas ruas de Rio Preto.

O serviço é gratuito e a medicação pós-cirúrgica é entregue ao tutor, que é orientado em relação à posologia.

Mariana Lachi
Mariana Lachi
Mariana Lachi - Jornalista com formação em Comunicação Social e Pedagoga. Experiência em um pouquinho de tudo: TV, rádio, revista, assessoria de imprensa e jornal impresso. Atua há mais de 20 anos com mídia.
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

POSTS POPULARES