31.3 C
Catanduva
domingo, junho 23, 2024
spot_img
InícioCatanduvaBebê vence prematuridade extrema e tem alta após 125 dias internado na...

Bebê vence prematuridade extrema e tem alta após 125 dias internado na UTI

Após 125 dias internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal do Hospital Unimed São Domingos (HUSD), José Miguel Volk Correa, nascido em 19 de janeiro, vai para casa pela primeira vez. Ele recebeu alta hospitalar na segunda-feira, 29 de maio.

Em um caso de prematuridade extrema, José Miguel nasceu de parto normal com 25 semanas de gestação, pesando 845 gramas e medindo 31 centímetros de estatura, sendo submetido a vários tratamentos, chegando a pesar 630 gramas.

O pediatra e Diretor de Recursos Próprios, cooperado da Unimed Catanduva, José Marcondes Netto, explicou que o bebê permaneceu um longo período dependendo de ventilação pulmonar mecânica devido a prematuridade extrema de seus pulmões e a incapacidade de respirar sozinho.

“Foi um tratamento longo e de muita paciência, onde a equipe médica multidisciplinar precisou respeitar e atuar no tempo certo de cada evolução”, complementou.

A sua melhora ocorreu graças ao acompanhamento minucioso de toda equipe multidisciplinar do HUSD.

“Durante o tratamento do José Miguel, vivenciamos muitas emoções, desde a chegada daquele ser tão pequeno, até o momento da alta. Cada grama que ele engordava, cada ml de leite que mamava, a primeira respiração espontânea sem aparelhos, o primeiro contato com a mãe, quando ela finalmente pode segurar ele em seu colo, cada etapa era uma conquista comemorada por nós e pela família. Foram momentos difíceis. A felicidade de ver ele indo para casa com a família não tem preço! Estamos todos muito felizes!” disse Raíssa Somer, Coordenadora de Enfermagem da Maternidade do HUSD.

Raphaella Volk Correa, mãe de José Miguel, conta como foi esse processo. “Não foi fácil, a estadia na UTI é cheia de altos e baixos, a gente sai e ele está bem, a gente volta e não está, mas superamos tudo, parada cardíaca, infecções, foi um prematuro extremo, e hoje, saindo com 2 quilos e 400 gramas. Eu só tenho que agradecer toda a equipe médica e de enfermagem.”

Mariana Lachi
Mariana Lachi
Mariana Lachi - Jornalista com formação em Comunicação Social e Pedagoga. Experiência em um pouquinho de tudo: TV, rádio, revista, assessoria de imprensa e jornal impresso. Atua há mais de 20 anos com mídia.
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

POSTS POPULARES