21.3 C
Catanduva
terça-feira, abril 16, 2024
spot_img
InícioSaúdeCarnaval requer atenção redobrada na prevenção contra Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs)

Carnaval requer atenção redobrada na prevenção contra Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs)

O urologista Dr. Thiago Tagliari orienta sobre as formas de prevenção e explica quais sintomas podem sinalizar algum problema

A chegada do carnaval é sempre um período de alerta para os cuidados com a saúde em diversos aspectos, seja da hidratação, alimentação ou de proteção da pele. Dessa forma, o urologista Dr. Thiago Tagliari explica que a época também deve ser de atenção redobrada quando o assunto em questão for a transmissão de Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs).
“Causadas por vírus, bactérias ou outros organismos, essas infecções são transmitidas, principalmente, através do contato sexual sem o uso de camisinha, masculina ou feminina, com uma pessoa que esteja infectada. Outro fator importante é que, embora trate-se de um problema que acomete ambos os sexos em igual incidência, determinadas condições são mais facilmente diagnosticadas em homens”, diz Dr. Thiago.
Os principais sintomas de ISTs no público masculino são os desconfortos na região íntima, como coceira e vermelhidão que podem indicar a presença de herpes genital, pediculose pubiana (chatos), ou infecção por citomegalovírus. Já as bolhas, feridas, secreções anormais e verrugas são sinais associados à HPV, sífilis e tricomoníase. Sentir dor ao urinar também pode significar uma IST, sendo uma característica comum da clamídia e gonorreia.
Tagliari ainda alerta que a hepatite B e o HIV também fazem parte das ISTs, porém, apresentam uma variedade de sintomas. “Portanto, o ideal é procurar atendimento médico especializado ao menor sinal de qualquer anormalidade, dor ou desconforto íntimo. Os homens devem procurar o urologista, enquanto as mulheres, um ginecologista. Assim, a partir da análise clínica, ainda em consultório, será possível solicitar exames para detectar o tipo de problema e administrar o tratamento adequado.”
Diante desse cenário, o urologista reforça a necessidade de cuidados redobrados de prevenção durante todo o ano, mas especialmente em períodos como o carnaval, quando os momentos de festa acarretam mais ingestão bebidas alcoólicas, maior probabilidade de relações íntimas e consequente o esquecimento ou descuido no que diz respeito ao uso dos preservativos.

Quem é Dr. Thiago Tagliari?
Formado em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, o Dr. Thiago Tagliari também é membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia e atualmente atua como urologista em consultório próprio em Catanduva (SP).

Mariana Lachi
Mariana Lachi
Mariana Lachi - Jornalista com formação em Comunicação Social e Pedagoga. Experiência em um pouquinho de tudo: TV, rádio, revista, assessoria de imprensa e jornal impresso. Atua há mais de 20 anos com mídia.
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

POSTS POPULARES