18.5 C
Catanduva
domingo, abril 21, 2024
spot_img
InícioCatanduvaEspecialista orienta cuidados especiais para o tratamento da dengue

Especialista orienta cuidados especiais para o tratamento da dengue

O Hospital Unimed São Domingos (HUSD) registrou quase dois mil atendimentos de pacientes com suspeita ou confirmação de dengue no primeiro quadrimestre deste ano. Do total de atendimentos, 32% dos casos foram confirmados para doença. A dengue é uma doença viral que pode ser causada por quatro tipos de vírus com sintomas semelhantes, mas que podem causar complicações.

Dentre os principais sintomas que podem diagnosticar a doença estão: febre alta acompanhada de dor muscular, dor de cabeça, dor no fundo do olho, dor nas articulações, prostração, fadiga e manchas no corpo.

De acordo com o coordenador do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCHI) do HUSD, o infectologista Arlindo Schiesari Júnior, o tipo de vírus da dengue que circula no município varia a cada ano e a conscientização da população contra a proliferação do Aedes aegypti deve ser constante. “Vivemos quase todos os anos surtos epidêmicos. Dificilmente a gente se livra da doença. Por isso, é muito importante a população sempre estar atenta à prevenção”.

O especialista orienta que, ao apresentar os sintomas, o paciente procure por orientação médica em consultório. A procura pelo Pronto Atendimento deve ocorrer somente em casos de urgência e emergência. “Inicialmente, é importante fazer uma consulta com um médico de consultório para uma avaliação mais eletiva, sem sobrecarregar o Pronto Atendimento, que é para situações mais emergenciais”, explica.

Schiesari ressalta aos pacientes para que fiquem alertas a sinais e sintomas que podem indicar uma possível complicação da doença. “Se o paciente tiver suspeita de dengue e apresentar dor abdominal incessante, vômitos ou sangramento é preciso procurar atendimento imediato no Pronto Atendimento”.

Importante lembrar que os cuidados em casa também exigem orientação médica. “O maior cuidado que a pessoa com dengue deve ter é a hidratação. Porém, a medida do líquido deve ser calculada pelo médico, em mililitros, junto ao peso da pessoa. Cada paciente, de acordo com seu peso, tem um volume a tomar por dia”, explicou.

VACINA

A Clínica de Vacinas da Unimed Catanduva disponibiliza imunizante contra a dengue para pessoas de 9 e 45 anos que já tiveram a doença. A vacina oferece proteção contra os quatro tipos de vírus da doença. Mais informações pelo telefone (17) 3531-3141.

Fonte: Assessoria Unimed Catanduva

Mariana Lachi
Mariana Lachi
Mariana Lachi - Jornalista com formação em Comunicação Social e Pedagoga. Experiência em um pouquinho de tudo: TV, rádio, revista, assessoria de imprensa e jornal impresso. Atua há mais de 20 anos com mídia.
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

POSTS POPULARES