31.7 C
Catanduva
sábado, março 2, 2024
spot_img
InícioCatanduvaImplante de prótese peniana é realizado no Hospital Unimed São Domingos

Implante de prótese peniana é realizado no Hospital Unimed São Domingos

O Hospital Unimed São Domingos (HUSD), da Unimed Catanduva, registrou uma cirurgia reconstrutora com implante de prótese peniana. O procedimento foi realizado no último sábado, dia 13. O tratamento é indicado na restauração da função sexual. O paciente de 73 anos apresentava disfunção erétil grave provocada pela Doença de Peyronie, fibrose que causa a curvatura do pênis e leva à perda da função do órgão.

De acordo com a equipe médica, o procedimento teve 100% de êxito, sem quaisquer intercorrências, e duração aproximada de duas horas e meia. A reabilitação é simples, exigindo apenas repouso nos primeiros dias e abstinência em torno de quatro a seis semanas, até que ocorra a cicatrização completa. 

A Doença de Peyronie, conforme explicou o cirurgião urologista Thiago Iorio Tagliari, cooperado da Unimed Catanduva, é apontada como uma das principais causas de disfunção erétil e acomete em torno de 10% dos homens, com aumento de incidência a partir dos 40 anos. A doença pode provocar desde uma curvatura reversível até uma curvatura grave, impossibilitando o ato sexual.

Fato que pode agravar a situação é a demora pela busca de ajuda profissional na fase inicial da doença, principalmente em razão de a mesma afetar a autoestima do paciente. “O conceito de sexualidade masculina está relacionado, muitas vezes, à capacidade de ter relações sexuais. Por se tratar de uma condição que pode limitar, e até impedir o ato, existe uma tendência do homem de procurar o médico apenas em último caso”, ressalta o cirurgião.

A prótese é indicada para restauração da função sexual peniana nos casos em que há falha ou não há adaptação aos medicamentos (injetáveis ou por via oral). “Ela pode ser indicada para disfunção erétil exclusiva, Doença de Peyronie, sequelas de procedimentos oncológicos (como a prostatectomia, que é a cirurgia de retirada total da próstata), priapismo (ereção involuntária e persistente) e traumas, dentre outros”, explicou o especialista.

Tagliari ressalta que a prótese peniana garante a retomada da vida sexual com altos índices de satisfação, tanto do paciente quanto do parceiro (95% e 98%, respectivamente). “A saúde masculina está ligada diretamente à saúde sexual, principalmente associada a uma melhora na qualidade de vida, não importa a idade”, concluiu.

O urologista e cooperado da Unimed Catanduva, Sérgio Tagliari, que acompanhou a cirurgia, concorda. De acordo com ele, embora o procedimento seja complexo do ponto de vista técnico e psicológico, o paciente ficará satisfeito com o resultado. Além de pai e filho, participaram da cirurgia o urologista Geovanne Furtado Souza e a enfermeira instrumentadora Alexandra Forte.

Mariana Lachi
Mariana Lachi
Mariana Lachi - Jornalista com formação em Comunicação Social e Pedagoga. Experiência em um pouquinho de tudo: TV, rádio, revista, assessoria de imprensa e jornal impresso. Atua há mais de 20 anos com mídia.
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

POSTS POPULARES