18.5 C
Catanduva
domingo, abril 21, 2024
spot_img
InícioRegiãoSão José do Rio PretoSecretaria do Bem-Estar Animal recolhe potranca abandonada

Secretaria do Bem-Estar Animal recolhe potranca abandonada

Uma potranca foi resgatada e está em tratamento custeado pela Secretaria do Bem-Estar Animal de Rio Preto, por meio do contrato com o Hospital Veterinário do Centro Universitário de Rio Preto (Unirp). O animal de grande porte estava em uma área descampada, no Parque das Amoras 2, nas proximidades do Distrito de Engenheiro Schmitt.

Após denúncia via 153, a Guarda Civil Municipal (GCM) foi até o local, constatou a situação do animal e acionou o serviço de recolha. A potranca foi levada para o hospital, onde foi avaliada por um médico veterinário.
“Ela estava jogada, deitada, e achamos que não daria tempo de resgatar. O diagnóstico inicial foi anemia e desidratação, mas agora já está no soro e com a barrigueira, para ficar em pé sem fazer esforço, e apresenta melhora”, relata a secretária do Bem-Estar Animal de Rio Preto, Cláudia De Giuli.

Após alta e finalização do tratamento, o animal é chipado e poderá ser adotado, mas somente para fins de recreação, pois o uso de veículos de carga movidos a tração ou força animal, como charretes e carroças, é proibido por lei municipal no perímetro urbano. A legislação cita cavalos, mulas, asnos, bois, búfalos, carneiros, bodes e porcos.

“São poucas as cidades que conheço que têm recolha e tratamento de animais de grande porte. Nós temos desde pasto até possibilidade de internação e cirurgia, quando necessário, além de toda a medicação e tratamento, tudo oferecido pelo município”, diz Cláudia.

Denúncias

Caso o animal de grande porte esteja solto em vias públicas, independentemente das condições de saúde, é possível ligar no 153 e passar a localização para que a GCM possa dirigir-se ao local. O animal é recolhido, avaliado e vai para o pasto ou para o tratamento no hospital.

“É comum que muitos proprietários soltem para pastagem, mas animais de grande porte podem causar acidentes graves. É extremamente importante a população denunciar situações de maus-tratos”, afirma a secretária.

Caso o cavalo esteja em condições de maus-tratos dentro de um pasto ou área cercada, o denunciante deve entrar no link abaixo para fazer a denúncia, lembrando que é preciso identificar-se, mas os dados ficarão sob sigilo.
Após receber a demanda, equipe da secretaria vai até o local verificar as condições e, caso haja necessidade, aciona a Polícia Ambiental, lauda maus-tratos e recolhe o animal, que fica sob tutela do município. O proprietário pode responder por crimes de maus-tratos e será multado.

Link para denúncia de maus-tratos contra animais: https://www.riopreto.sp.gov.br/servico/denuncia-maus-tratos-animais/

Mariana Lachi
Mariana Lachi
Mariana Lachi - Jornalista com formação em Comunicação Social e Pedagoga. Experiência em um pouquinho de tudo: TV, rádio, revista, assessoria de imprensa e jornal impresso. Atua há mais de 20 anos com mídia.
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

POSTS POPULARES