31.8 C
Catanduva
terça-feira, março 5, 2024
spot_img
InícioRegiãoSão José do Rio PretoSecretaria do Bem-estar Animal resgata animais no Parque do Sabiá

Secretaria do Bem-estar Animal resgata animais no Parque do Sabiá

Um dia após recolher dois cães vítimas de maus-tratos e constatar a morte de um terceiro animal, a Secretaria do Bem-estar Animal de Rio Preto atendeu na tarde de terça-feira, 17, mais uma denúncia.

Segundo a Prefeitura, quatro animais trancados em baias em um barracão no Condomínio Parque do Sabiá foram encontrados. Os cães estavam feridos, sendo que um deles teve de receber acolhimento emergencial e ser levado às pressas para receber atendimento no Hospital Veterinário da Unirp, por causa dos sangramentos. Os animais ficarão sob tutela do município.

Uma equipe de médicos veterinários da secretaria foi até o local – um barracão – e constatou que havia dois cães da raça foxhound e dois pit bulls. Três dos animais estavam trancados em uma baia e o outro em outro espaço. Os indícios são de que os cães são usados para caça de javalis, animal selvagem comum na região. A Polícia Ambiental foi acionada, esteve no local e vai dar prosseguimento aos trâmites administrativos, principalmente com a identificação do proprietário dos animais.

A secretária do Bem-estar Animal de Rio Preto, Cláudia De Giuli, reforça a importância de a população denunciar essas situações. “Contamos com a colaboração dos moradores da cidade para atuar nesses casos, pois maus-tratos é crime e essas pessoas precisam ser responsabilizadas.”

Parque da Liberdade

Na segunda-feira, 16, equipe da Secretaria, após denúncia de maus-tratos, acolheu dois cachorros em uma residência no Condomínio Parque da Liberdade. Um terceiro animal, que estava amarrado com correntes, estava morto. “A corda foi fixada em cima do muro e estava muito curta. Por causa do calor e do chão quente, provavelmente ele tentou se desvencilhar das amarras e sufocou”, conta Cláudia.

Os dois cães acolhidos estavam feridos. Uma cadela da raça pit bull, em estado lactante, apresentava sinais de desnutrição. Os filhotes não foram encontrados. Ambos foram encaminhados para tratamento no Hospital Veterinário da Unirp, e seguem sob tutela da Secretaria. A moradora da residência alegou que os animais eram usados para caça de javali. Ela foi presa em flagrante e deve passar por audiência de custódia.

Denúncias

O principal meio para denúncias de maus-tratos é o formulário on-line, disponível no site da Prefeitura (veja link abaixo). Após recebimento, médicos veterinários se deslocam ao local para averiguar a condição dos animais. Por esse formulário, é possível enviar fotos e vídeos, o que facilita a classificação de urgência por parte do corpo técnico da secretaria.

Entre setembro e dezembro do ano passado, a Secretaria do Bem-estar Animal atendeu 413 denúncias de maus-tratos, entre as quais notificações, orientações e resgate de animais. No período, foram cinco processos relativos a maus-tratos.

O serviço de denúncia de maus-tratos contra animais pode ser acessado pelo link:
https://www.riopreto.sp.gov.br/servico/denuncia-maus-tratos-animais/

Mariana Lachi
Mariana Lachi
Mariana Lachi - Jornalista com formação em Comunicação Social e Pedagoga. Experiência em um pouquinho de tudo: TV, rádio, revista, assessoria de imprensa e jornal impresso. Atua há mais de 20 anos com mídia.
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

POSTS POPULARES