22.1 C
Catanduva
sábado, fevereiro 24, 2024
spot_img
InícioRegiãoSão José do Rio PretoFEM 2022 terá encerramento com a dupla Sá & Guarabyra

FEM 2022 terá encerramento com a dupla Sá & Guarabyra

A Prefeitura de Rio Preto, por meio da Secretaria de Cultura, apresenta dois shows convidados para a 15ª edição do FEM – Festival Nacional de MPB Vinícius Nucci Cuccolichio, nos dias 25 a 27/10, no Teatro Municipal Paulo Moura (Swift), com entrada gratuita.

Na primeira noite, após a abertura do Festival às 19 horas, e da apresentação das músicas concorrentes na categoria FEM Rio Preto, haverá o show Memória dos Festivais.

O projeto faz um tributo aos grandes festivais de MPB e será apresentado pela banda Harmonikuus, Esdras Nunes, João Pazini, Maurício Zacarias, Priscila Cuzziol, Vinícius Lima e convidados. Na segunda noite, se apresentam os 14 concorrentes na categoria FEM Nacional, mais os seis selecionados no FEM Rio Preto. E no dia 27, a noite de premiação terá abertura com o show Cinamomo, da dupla Sá & Guarabyra.

Carreira

Sá & Guarabyra, criadores do rock rural quando ainda atuavam em trio com Zé Rodrix, começaram a gravar juntos em 1971. Desde o primeiro lançamento, Passado Presente Futuro, ainda em trio, fazem parte da história da música brasileira, com obras incluídas entre as mais executadas no país.

Suas composições fazem parte de 27 novelas de televisão. Já foram gravados por nomes como Gilberto Gil, Milton Nascimento, Roupa Nova, entre dezenas de artistas das mais diversas correntes musicais. Contam com mais de 400 obras gravadas. Em sua própria carreira, somam 19 álbuns, sendo quatro em companhia de Zé Rodrix.

Cinamomo

Com Cinamomo, a dupla pré-inaugura um período ao reunir as composições que consideram as mais representativas do seu acervo pessoal, independentemente de ter sido ou não as mais divulgadas.

É assim, por exemplo, com a própria música título (Cinamomo), composta enquanto viajavam rio São Francisco acima, no vapor Benjamim Guimarães, cujo apito histórico, de sonoridade única, fecha o solo de guitarra na gravação. Para quem já navegou pelos rios brasileiros, principalmente nesse tipo de embarcação, é um momento de emoção quase sagrado escutar novamente o som prolongado e forte surgir e logo depois desaparecer mansamente para dar entrada ao solo dos teclados.

É um espetáculo cheio de surpresas em que a maior singularidade está nas vestimentas remoçadas que cobrem as canções de grande sucesso, como “Dona”, “Caçador de Mim” e “Espanhola” e outras que foram pouquíssimas vezes executadas, como “Nuvens D’Água”, um depoimento pessoal denso, e “Tabuleiro”, descrição essencial do sertão, agora ainda mais visível.

Memória dos Festivais

O Projeto Memória dos Festivais, apresentado no dia 25/10 durante o FEM, foi formatado como uma exibição audiovisual para resgatar os grandes momentos que marcaram a história da MPB, em especial o auge dos grandes festivais do gênero, que revelou nomes fortes que se consagraram com suas composições e interpretações.

Esse movimento, contemporâneo ao período ditatorial no Brasil, gerou músicas com significação social, letras de protestos e de grande conteúdo poético. O objetivo é manter a memória viva de uma época que fez história como marco da MPB e levar ao público do FEM esse conteúdo de forma ilustrativa-didática e contando com uma feliz performance dos músicos atuantes.

O show apresenta músicas instrumentais e intercaladas com outras cantadas, com a participação da cantora Priscila Cuzziol no grupo Harmonikuus e mais artistas intérpretes convidadas de Rio Preto. No repertório, pérolas da MPB: “Arrastão”, Edu Lobo e Vinicius de Moraes; “A Banda”, Chico Buarque; “Disparada”, Théo de Barros e Geraldo Vandré; “Ponteio”, Edu Lobo e José Carlos Capinan; “Roda Viva”, Chico Buarque; “Alegria Alegria”, Caetano Veloso; “Andanças”, Edmundo Souto, Danilo Caymmi e Paulinho Tapajós; “Ando Meio Desligado”, Rita Lee, Arnaldo Dias Baptista e Sérgio Dias Baptista; “Sabiá”, Tom Jobim e Chico Buarque; “Fio Maravilha”, Jorge Ben (Ben Jor); “Eu Quero é Botar Meu Bloco Na Rua”, Sérgio Sampaio e “Pra Não Dizer Que Não Falei Das Flores (Caminhando)”, Geraldo Vandré.
PROGRAMAÇÃO DIA A DIA – FEM 2022

25/10
19h Abertura

19h30 FEM Rio Preto – apresentações das músicas de concorrentes de Rio Preto

21h Show Memória dos Festivais

22h Revelação dos classificados FEM Rio Preto que irão para o FEM Nacional

26/10
19h Participantes FEM Nacional e FEM Rio Preto selecionados

27/10
20h Show Sá & Guarabyra

21h30 Premiação

Mariana Lachi
Mariana Lachi
Mariana Lachi - Jornalista com formação em Comunicação Social e Pedagoga. Experiência em um pouquinho de tudo: TV, rádio, revista, assessoria de imprensa e jornal impresso. Atua há mais de 20 anos com mídia.
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

POSTS POPULARES